Itaú Views
Itaú Views
Oct 29, 2020
T2 | Especial América Latina: Perspectivas Económicas: Parte 2
29 min

El episodio de hoy comentará las perspectivas económicas para América Latina, aprovechando el marco de las reuniones del Fondo Monetario Internacional recientemente realizadas. En esta 2ª rueda económica aquí en Itaú Views, hablaremos sobre Chile, Colombia, Peru y Mexico.

Participan: Miguel Ricaurte, economista jefe de Itaú Chile y Julio Ruiz, economista de Itaú para México y Perú.
Presentación: Pablo Tapia

JKCast
JKCast
JKCast
JKCast#58 - Piloto e Investidor com Felipe Nasr - PARTE 2
No 58 episódio o professor entrevista Felipe Nasr, ex Piloto de Formula 1 e Atualmente correndo nos EUA, eles falam sobre semelhanças entre Investimentos e Corridas.  ------------------------------------------------------------------------------------------------------  Instagram do convidado - @felipenasr ------------------------------------------------------------------------------------------------------ Envie sua pergunta via áudio para o nosso Whatsapp: 📱 Número: +5561981170005 Informar o Nome e Local de onde está falando. ⏱ Tempo máximo da pergunta: 1 minuto.  ⛔ Obs: Gravar em local silencioso! ------------------------------------------------------------------------------------------------------ 🔎 Encontre rápido o assunto que procura:  00:00 - José Kobori 00:12 - Introdução  00:27 - Fundos de Gestão Passiva! 04:28 - Swap Cambial e Swap Cambial Inverso! 17:06 - Relação entra Tesouro Nacional, Banco Central e Bancos! 30:40 - Eficácia da Análise Técnica! 41:06 - Brasil Subdesenvolvido!  53:06 - Custo do Capital de Terceiros! 34:35 - Conclusão ------------------------------------------------------------------------------------------------------ CURSOS - Entre na Lista de Espera para ser notificado das próximas turmas:  Comportamento dos Mercados - http://bit.ly/josekoboriCDM Investidor de Alta Performance – http://bit.ly/josekoboriIDAP Segredos da Independência - http://bit.ly/josekoboriSDI ------------------------------------------------------------------------------------------------------ SIGA-ME NAS REDES SOCIAIS: Instagram: https://bit.ly/instajosekobori Facebook: https://bit.ly/facejosekobori LinkedIn: https://bit.ly/linkedInjosekobori Twitter: https://bit.ly/twitterjosekobori Site: https://bit.ly/sitejosekobori Blog: https://bit.ly/blogjosekobori  Baixe o Ebook – Como os eventos econômicos impactam a sua vida: http://bit.ly/ebookjosekobori Participe do grupo no Telegram: http://bit.ly/josekoboritelegram 🎧 Escute os JKCast´s pelo Spotify: https://bit.ly/podcastjosekobori  📚 Livro - Análise Fundamentalista: Como obter uma Performance superior e consistente no Mercado de Ações - José Kobori.  No Shoptime - https://bit.ly/livrojosekoborishoptime No Submarino - https://bit.ly/livrojosekoborisubmarino Nas Americanas – https://bit.ly/livrojosekoboriamericanas Na Amazon - https://bit.ly/livrojosekoboriamazon No Mercado Livre – https://bit.ly/livrojosekoborimercado... Na Magazine Luiza – https://bit.ly/livromagazineluiza Na Estante Virtual - https://bit.ly/livrojosekoboriestante... Na Saraiva - https://bit.ly/livrojosekoborisaraiva --- Send in a voice message: https://anchor.fm/jkcast/message
31 min
Os Pregões que fizeram história
Os Pregões que fizeram história
InfoMoney
#13 - Naji Nahas
09/06/1989 — A Bolsa de Valores de São Paulo, a Bovespa (hoje B3), despencou 5,6%, enquanto a Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, a BVRJ, caiu outros 4,5% depois que estouraram na praça cheques sem fundos do empresário Naji Nahas no valor de 39 milhões de cruzados novos. Os cheques sem fundo começaram a aparecer depois que bancos e corretoras se recusaram a cobrir operações do investidor que ficaram conhecidas como "D + zero", usadas para manipular preços de ações. Três dias depois, a CVM, a Comissão de Valores Mobiliários, que regula e fiscaliza o mercado, determinou um recesso de 24 horas nas Bolsas de Valores. No mesmo dia, Nahas e os principais envolvidos foram impedidos pela Justiça de deixar o país. O golpe no mercado foi tão forte que a Bolsa do Rio, para onde Nahas foi obrigado a se transferir depois de atritos com a diretoria da Bolsa de São Paulo, nunca mais se recuperou, e fechou as portas no ano 2000. No escândalo que iniciou o declínio da Bolsa do Rio, Nahas ganhou muito dinheiro. Um relatório da Bolsa de São Paulo, entregue no dia 6 de julho de 1989 à CVM, estima que ele tenha lucrado 28 milhões de cruzados novos no dia 9 de junho, quando estourou a crise. Em 6 e 12 de julho, a Polícia Federal indiciou Nahas por crime de "colarinho branco" e estelionato. Pouco depois, o relatório final da CVM o acusou de usar "laranjas" para manipular preços de ações. A CVM multou Nahas em US$ 10 milhões.
30 min
Search
Clear search
Close search
Google apps
Main menu