Pazuello chegou na CPI dizendo que iria responder tudo, mas esqueceu que não podia mentir
Play • 8 min
Wálter Maeirovitch analisa o depoimento do ex-ministro da Saúde na CPI da Covid. Comentarista explica como funciona a legislação brasileira em relação a quem mente na Justiça. Em sua avaliação, Pazuello deu um tiro no próprio pé, ao tentar isentar Bolsonaro e imaginar que poderia transferir responsabilidades criminais e administrativas para outros governantes e prefeitos, e até para empresas privadas. Maeirovitch alertou ainda sobre a possibilidade de uma repercussão internacional da comissão.
More episodes
Search
Clear search
Close search
Google apps
Main menu