Sambaquis - Profa. Dra. Ximena Suarez Villagran
Play • 53 min

De nome derivado do Tupi que significa amontoado de conchas, os sambaquis, fruto do trabalho de gerações de antigas populações indígenas, são montes que se elevam na paisagem e que ainda motivam muitos questionamentos dos arqueólogos. O que sabemos sobre os sistemas socieoculturais formadores dos sambaquis? O que eles dizem sobre a ocupação do território brasileiro? Como os estudos micromorfológicos têm revelado novas formas de entender os sambaquis? E o que levou ao fim da cultura sambaquieira? Neste episódio do Estraticast, podcast de Arqueologia e História recebemos a Dra. Ximena Suarez Villagran professora do MAE-USP e coordenadora do Laboratório de Microarqueologia. 

Apresentação e produção: Guilherme Rodrigues 

Coordenação: professora Dra. Maria Nicolau Kormikiari e professor Dr. Vagner Carvalheiro Porto. 

Apoio: Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo (MAE-USP)  

 Referências Bibliográficas: 

VILLAGRAN, X.S. O que sabemos dos grupos construtores de sambaquis? Breve revisão da arqueologia da costa sudeste do Brasil, dos primeiros sambaquis até a chegada da cerâmica Jê. R. Museu Arq. Etn., São Paulo, n. 23, p. 139-154, 2013. 

VILLAGRAN, Ximena Suarez; PESSENDA, Luiz Carlos Ruiz; VALADARES COSTA, Henrique; ATORRE, Tiago; ERLER, Igor da Silva; STRAUSS, André; BARIONI, Alberto; KLÖKLER, Daniela; TOGNOLI, Anderson; DUARTE, Carlos; BONFIM, Paulo Vinicius; MACARIO, Kita. Os primeiros povoadores do litoral norte do Espírito Santo: uma nova abordagem na arqueologia de sambaquis capixabas. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 13, n. 3, p. 573-596, set.-dez. 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1981.81222018000300006

 VILLAGRAN, Ximena Suarez. The Shell Midden Conundrum: Comparative Micromorphology of Shell-Matrix Sites from South America. J Archaeol Method Theory 26, 344–395 (2019). https://doi.org/10.1007/s10816-018-9374-2

More episodes
Search
Clear search
Close search
Google apps
Main menu