Mamilos
Mamilos
Oct 2, 2020
Mamilos Cultura #4 - Livro Parece que Piorou: Deboche e autoconhecimento
Play episode · 15 min

Um novo episódio do Mamilos Cultura chegou quentinho pra você! O podcast em que Ju Wallauer e Cris Bartis falam sobre as conversas e as reflexões que obras culturais causaram. Nesta semana, vem refletir sobre Parece Que Piorou, livro da Bruna Maia, a @estarmorta.

Vem rir e filosofar com a gente!

=====

FALE CONOSCO

. Email: mamilos@b9.com.br

. Facebook: aqui

. Twitter: aqui

. Instagram: aqui

. LinkedIn: aqui

. Youtube: aqui

=====

CONTRIBUA COM O MAMILOS
Quem apoia o Mamilos ajuda a manter o podcast no ar e ainda recebe toda semana um apanhado das notícias mais quentes do jeito que só o Mamilos sabe fazer. É só R$9,90 por mês! Corre ler, quem assina tá recomendando pra todo mundo.

https://www.catarse.me/mamilos

=====

O Mamilos Cultura é uma produção do B9

Apresentação: Ju Wallauer e Cris Bartis
Coordenação geral: Carlos Merigo, Ju Wallauer e Cris Bartis
Produção: Alexandre Potascheff e Beatriz Fiorotto
Apoio à pauta e pesquisa: Jaqueline Costa e grande elenco
Edição: Mariana Leão com trilhas de Angie Lopez
Identidade visual: Lucas de Britto
Coordenação digital: Agê Barros, Pedro Strazza e Lucas de Brito e Hiago Vinícius
Atendimento e Comercialização: Rachel Casmala, Camila Mazza e Telma Zennaro

Braincast
Braincast
B9
O vício em indignação
A gente adora consumir e repassar tudo o que nos causa indignação. E mais, quem não tá indignado tá errado! Todo esse comportamento nos torna pessimistas e descrentes. E quando mais pessimista e descrente, mais indignação a gente quer consumir e espalhar. Ficamos viciados em indignação. No Braincast 380, Carlos Merigo, Cris Dias, Ana Freitas, Marko Mello, Luiz Hygino e Rosana Hermann debate se o vício em indignação é real ou se faz parte de um mundo polarizado. Como isso nos afeta emocionalmente? As redes sociais nos ajudam a ficar preso num ciclo infinito de indignação? Se indignar não faz parte de um processo de tomada de ação? Ouça! ===== TAKE BLIP Já parou pra pensar como seria muito mais difícil a comunicação sem a tecnologia e todas as ferramentas digitais? Muitas empresas dependem exclusivamente dessas plataformas. Principalmente nesse momento do mundo. A tecnologia é essencial para manter ativo o contato com clientes, colaboradores e fornecedores. Há 20 anos, Take Blip desenvolve ferramentas e integrações de comunicação digital que transformam negócios. Seja no WhatsApp, Telegram, Facebook Messenger, SMS, Microsoft Teams, ou onde seu público estiver. Take Blip é uma plataforma que proporciona contatos inteligentes entre seus clientes, atendentes e vendedores. Automatizando o contato com seu público e fornecendo formas eficientes de analisar todos os dados. Mais de 80 milhões de mensagens já foram trocadas utilizando os serviços Take Blip, por clientes como Coca-Cola, Itaú, Casas Bahia, Ponto Frio e muitos outros. Acesse www.take.net e digitalize o contato da sua empresa com quem é especialista no assunto. =====ASSINE O BRAINCAST E FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO FECHADO Assinando o Braincast você pode interagir com a gente em grupos fechados no Facebook e Telegram, além de receber conteúdo exclusivo. Faça download do PicPay para iOS ou Android, clique em “Pagar”e procure pelo Braincast, ou então acesse a URL: picpay.me/braincast =====QUAL É A BOA? Para saber mais informações sobre as indicações dos podcasters da mesa, acesse http://qualeaboa.b9.com.br. =====FICHA TÉCNICA O Braincast é uma produção B9 Apresentação: Carlos Merigo Coordenação geral: Carlos Merigo, Ju Wallauer e Cris Bartis Produção e apoio à pauta: Bia Fiorotto Edição e Sonorização: Alexandre Pottaschef e Mariana Leão Identidade visual: Johnny Britto Coordenação digital: Agê Barros, Pedro Strazza, Lucas de Brito e Hiago Vinicus Atendimento e Comercialização: Rachel Casmala, Camila Mazza e Telma Zenaro ===== Críticas, comentários, sugestões para braincast@b9.com.br ou nos comentários desse post.
1 hr 33 min
Naruhodo
Naruhodo
Naruhodo, Ken Fujioka, Altay de Souza, B9
Naruhodo #258 - Os carros precisam ser mais velozes que o limite permitido?
Se os limites de velocidade no Brasil não ultrapassam 120 km/h, por que os carros têm capacidade de chegar a velocidades muito superiores? E o que torna a velocidade tão emocionante para as pessoas? Confira no papo entre o leigo curioso, Ken Fujioka, e o cientista PhD, Altay de Souza. OUÇA (49min 34s) * Naruhodo! é o podcast pra quem tem fome de aprender. Ciência, senso comum, curiosidades, desafios e muito mais. Com o leigo curioso, Ken Fujioka, e o cientista PhD, Altay de Souza. Edição: Reginaldo Cursino. http://naruhodo.b9.com.br * PARCERIA: ALURA A Alura tem mais de 1.000 cursos de diversas áreas e é a maior plataforma de cursos online do Brasil -- e você tem acesso a todos com uma única assinatura. Aproveite o desconto de R$100 para ouvintes Naruhodo no link: https://www.alura.com.br/promocao/naruhodo * REFERÊNCIAS Fatores a serem considerados para a definição de velocidade limite em rodovias brasileiras http://redpgv.coppe.ufrj.br/index.php/es/produccion/articulos-cientificos/2012-1/688-fatores-na-definicao-velocidade-limite-rodovias-brasileiras-anpet-2012/file Código de Transito Brasileiro - DETRAN https://detran.to.gov.br/legislacao/outros/codigo-de-transito-brasileiro-ctb/ Addiction and personality traits: Sensation seeking, anhedonia, impulsivity https://www.researchgate.net/publication/12645943_Addiction_and_personality_traits_Sensation_seeking_anhedonia_impulsivity The association between sensation seeking and driving outcomes: A systematic review and meta-analysis https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0001457518303452 Sensation seeking and impulsive traits as personality endophenotypes for antisocial behavior: Evidence from two independent samples https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0191886916309722 Hans Eysenck's personality model and the constructs of sensation seeking and impulsivity https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0191886916302562 Is there a positive side to sensation seeking? Trajectories of sensation seeking and impulsivity may have unique outcomes in young adulthood https://www.sciencedirect.com.sci-hub.st/science/article/abs/pii/S0140197119300545 The reliability and validity of the Brief Sensation Seeking Scale (BSSS-8) with young adult Latino workers: implications for tobacco and alcohol disparity research https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2766587/ Fast Cars/Fast Foods: Hyperconsumption and its Health and Environmental Consequences. https://link.springer.com.sci-hub.st/article/10.1057/sth.2008.10 Podcasts das #Minas: 1PODEQUESTE #MulheresPodcasters anchor.fm/1podequeste * APOIE O NARUHODO! Você sabia que pode ajudar a manter o Naruhodo no ar? Ao contribuir, você pode ter acesso ao grupo fechado no Telegram, receber conteúdos exclusivos e ter vantagens especiais. Assine o apoio mensal pelo PicPay: https://picpay.me/naruhodopodcast
50 min
More episodes
Search
Clear search
Close search
Google apps
Main menu